Categoria: Contos

A música que tocava sozinha

A música que tocava sozinha

“Vivo de vento” — Arlindo adorava dizer. Afinal, sua profissão era muito especializada. Viajava por todo o litoral, à procura dos lugares onde o vento faz a curva. Perfeito para instalar uma, às vezes, duas flautas. As noites de luar...

Surfe

Era o melhor da turma em surfe espacial. Gostava de pegar as ondas gravitacionais mais difíceis. Nada superava o prazer da adrenalina (…)

O jardineiro

O jardineiro

Achava aquilo tudo patético. Todas aquelas flores, as lágrimas, os montes de amigos tristes e chocados jamais mudariam o futuro. Tampouco o passado que resultou…

A obra final

  Ao sair da prisão, decidiu que mudaria de vida. Depois de dois longuíssimos anos naquele inferno, graças ao seu protetor, percebeu que poderia sair antes. Fez conforme o catecismo dele e estava livre. Não totalmente, mas ver-se fora daquele...

Quem precisa delas?

Num fim de tarde normal, de um dia normalíssimo, um robô-policial o salvara de um estranho drone, que lhe apareceu do nada, enquanto subia a ladeira em sua motoca voadora que, velhinha, só voava baixo. Estranho, mas a verdade é...

O último adeus

Estava notavelmente composto, apesar de todas as coisas pelas quais passara nos últimos dias. Olhou-se no espelho e, definitivamente, não gostou da imagem que via. Estava composto, mas seus olhos haviam perdido o brilho e estavam muito fundos. Sua face...

Acerto de contas

“Na verdade, eu estava decepcionado com minha condição”, disse àquele homem, como que tentando justificar o meu ato quase insano, mas muito consciente. Não vi nenhum sorriso, nenhuma expressão, o olhar era firme e não me dizia nada. Mesmo sem...

Redenção cristã

  Não tinha ideia de qual ou de como seria seu destino dali em diante. Passara os últimos 10 anos vivendo na clausura do convento, cumprindo a promessa e realizando o sonho distorcido de sua mãe: queria vê-la santa, num...